Questões de Inglês - Unesp 2013 - Primeira Fase

21 (Unesp 2013 - Primeira Fase)

INSTRUÇÃO: Examine os anúncios para responder às questões de números 21 a 25.

Anúncio 1(www.hongkiat.com. Adaptado)(www.hongkiat.com. Adaptado)
Anúncio 2(www.crookedbrains.net. Adaptado.)(www.crookedbrains.net. Adaptado.)

O anúncio 1 refere-se

Tópicos desta questão: Inglês
22 (Unesp 2013 - Primeira Fase)
Tópicos desta questão: Inglês
23 (Unesp 2013 - Primeira Fase)

(Anúncios para responder às questões de números 21 a 25)

Considerando-se o propósito do anúncio 2, a oração que poderia fazer parte de um texto a ser incluído nesse anúncio é:

Tópicos desta questão: Inglês
24 (Unesp 2013 - Primeira Fase)

(Anúncios para responder às questões de números 21 a 25)

Os dois anúncios têm em comum o fato de

Tópicos desta questão: Inglês
25 (Unesp 2013 - Primeira Fase)

(Anúncios para responder às questões de números 21 a 25)

Nos anúncios, as palavras use, need, electricity e wisely são exemplos, respectivamente, de

Tópicos desta questão: Inglês
26 (Unesp 2013 - Primeira Fase)

INSTRUÇÃO: Leia o texto para responder às questões de números 26 a 30.

Analyze an advertisement

Peter Sells
Sierra Gonzales

Not all advertisements make perfect sense. Not all of them promote or imply acceptance of social values that everyone would agree are what we should hope for, in an enlightened and civilized society. Some advertisements appear to degrade our images of ourselves, our language, and appear to move the emphasis of interaction in our society to (even more) consumerism. There may even be a dark, seamy, or seedy side to advertising. This is hardly surprising, as our society is indeed a consumer society, and it is highly capitalistic in the simplest sense. There is no doubt that advertising promotes a consumer culture, and helps create and perpetuate the ideology that creates the apparent need for the products it markets.

For our purposes here, none of this matters. Our task is to analyze advertisements, and to see if we can understand how they do what they do. We will leave the task of how we interpret our findings in the larger social, moral and cultural contexts for another occasion.

It is often said that advertising is irrational, and, again, that may well be true. But this is where the crossover between information and persuasion becomes important; an advertisement does not have to be factually informative (but it cannot be factually misleading).

In a discussion of what kind of benefit an advertisement might offer to a consumer, Jim Aitchison (1999) provides the following quote from Gary Goldsmith of Lowe & Partners, New York. It sums up perfectly what it is that one should look for in an advertisement. The question posed is “Is advertising more powerful if it offers a rational benefit?” Here is Goldsmith’s answer: “I don't think you need to offer a rational benefit. I think you need to offer a benefit that a rational person can understand.”

(www.standford.edu. Adaptado)

O principal objetivo do texto é analisar

Tópicos desta questão: Inglês
27 (Unesp 2013 - Primeira Fase)
Tópicos desta questão: Inglês
28 (Unesp 2013 - Primeira Fase)

(Analyze an advertisement - texto para responder às questões de números 26 a 30)

A resposta à questão apresentada no último parágrafo do texto foi:

Tópicos desta questão: Inglês
29 (Unesp 2013 - Primeira Fase)

(Analyze an advertisement - texto para responder às questões de números 26 a 30)

O pronome it, utilizado na última linha do primeiro parágrafo, na frase for the products it markets, refere-se

Tópicos desta questão: Inglês
30 (Unesp 2013 - Primeira Fase)

(Analyze an advertisement - texto para responder às questões de números 26 a 30)

A expressão none of this matters, no segundo parágrafo refere-se

Tópicos desta questão: Inglês