Orações Coordenadas

As orações coordenadas são orações independentes, não exercendo nenhuma função sintática em relação à outra oração num período composto, ou seja, são orações que não estabelecem a relação de dependência como as orações subordinadas.

O feriado começou ensolarado e as famílias invadiram as praias.
                                    Oração 1                                                         Oração 2

Observe a frase acima: existem duas orações, mas uma não depende da outra, ambas têm seu sentido sozinhas. Existem dois tipos de orações coordenadas: as sindéticas e as assindéticas.

Orações Coordenadas Sindéticas

As orações coordenadas sindéticas são aquelas introduzidas por conjunção. São divididas em aditivas, adversativas, alternativas, conclusivas e explicativas.

Oração Coordenada Sindética Aditiva

Este tipo de oração coordenada sindética expõe em relação à oração anterior a ideia de soma, acréscimo.

A secretária denunciou o chefe e o assunto virou polêmica.
                                                                                            Or. coord. sindética aditiva

São introduzidas pelas conjunções aditivas e, nem (com sentido de e não), não só...mas também, tanto...como, etc.

Oração Coordenada Sindética Adversativa

Este tipo de oração expõe em relação à outra uma ideia de contraste, oposição.

O dia estava chuvoso, mas eles foram brincar na piscina.
                                                                    Or. coord. sindética adversativa

São introduzidas pelas conjunções adversativas mas, e (com sentido de mas), porém, contudo, todavia, etc.

Oração Coordenada Sindética Alternativa

São orações que expõem opção, alternância, trazendo ideias que se excluem nestas orações.

Ou você faz a lição sozinho, ou pede ajuda à sua mãe.
      Or. coord. sindética alternativa                 Or. coord. sindética alternativa

Neste caso, especificamente, ambas são orações coordenadas sindéticas alternativas porque apresentam conjunção. Este tipo de oração é introduzida pelas conjunções alternativas ou, ou...ou, ora...ora, quer...quer, etc.

Oração Coordenada Sindética Conclusiva

São orações que expressam ideia de conclusão em relação a um fato da oração anterior.

Este cavalo é bravo, por isso cuidado para não cair.
                                                                Or. coord. sindética conclusiva

São introduzidas pelas conjunções conclusivas logo, por isso, portanto, de modo que, etc.

Oração Coordenada Sindética Explicativa

São orações que exprimem ideia de explicação, de justificativa em relação ao que se diz na outra oração coordenada.

Ela deve estar doente, porque não veio trabalhar.
                                                                Or. coord. sindética conclusiva

Estas orações são introduzidas pelas conjunções explicativas porque, que, pois (quando é colocada antes do verbo), etc.

Oração Coordenada Assindética

As orações coordenadas assindéticas, ao contrário das sindéticas, não apresentam conjunção, não recebendo nenhuma outra classificação, como as sindéticas recebem.

A secretária denunciou o chefe e o assunto virou polêmica.
     Oração coordenada assindética                          Or. coord. sindética aditiva

Como vemos no exemplo, a primeira oração assume a posição de coordenada assindética. O mesmo ocorre com todas as orações dos exemplos acima que não encaixam-se nas coordenadas sindéticas: como não vêm acompanhadas por preposição, todas serão assindéticas, trazendo os dois tipos no mesmo período (frase).

Bibliografia
  • CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: linguagens – vol 3. 5.ed. São Paulo: Atual, 2000.
  • FERREIRA, Mauro. Aprender e praticar gramática. Ed renovada. São Paulo: FTD, 2007.

Ana Gabriela Figueiredo Perez

Estudos Literários - Unicamp

Confira também