Encontro Vocálico

Dizemos que há um encontro vocálico quando duas ou mais vogais aparecem juntas nas palavras. Os encontros vocálicos são divididos em três: ditongo, hiato, tritongo.

Ditongo

Ocorre quando as duas vogais ficam juntas na mesma sílaba. Eles podem ser divididos em orais e nasais ou em crescentes e decrescentes.

Ditongo Oral

Ocorre quando temos vogais juntas que produzem um som oral (não nasalado). Exemplos: qua-dro, sé-rie.

Ditongo Nasal

Ocorre quando temos vogais juntas que produzem um som nasal. Exemplo: quando, mãe.

Ditongo Crescente

Ocorre quando temos o encontro de uma semivogal (intensidade menor) com uma vogal (intensidade maior). Exemplos: pás-coa, vá-cuo.

Ditongo Decrescente

Ocorre quando temos o encontro de uma vogal (intensidade maior) com uma semivogal (intensidade menor). Exemplos: pai, pas-téis.

Hiato

Ocorre quando as duas vogais ficam em sílabas separadas. Exemplos: co-e-lho, ra-i-nha, mo-í-do.

Tritongo

Ocorre quando três vogais ficam juntas na mesma sílaba. Também podem ser divididos em orais e nasais, seguindo as mesmas regras dos ditongos.

  • Exemplos de tritongo oral: Pa-ra-guai, ig-uais.
  • Exemplos de tritongo nasal: sa-go.
Bibliografia
  • FARACO, Carlos Emílio; MOURA, Francisco Marto de. Gramática. 7.ed. São Paulo: Ática, 1990.
  • FERREIRA, Mauro. Aprender e praticar gramática. Ed renovada. São Paulo: FTD, 2007.

Ana Gabriela Figueiredo Perez

Estudos Literários - Unicamp

Confira também