Dígrafo

Um dígrafo é a junção de duas letras que formam um só fonema. São eles: rr, ss, ch, lh, nh, gu, qu, sc, , xc.

Exemplos

ca-chor-ro, te-lha-do, os-so, mi-nho-ca, guin-cho, quei-jo, nas-cer, cres-ça, ex-cên-tri-co.

Além desses, também podemos considerar como dígrafos os conjuntos de letras que indicam quando uma vogal é nasal. Neste caso, são chamados de ditongos vocálicos. São eles: am, na, em, en, im, in, om, on, um, un.

Exemplos

cam-po, an-ta, em-bo-ra, ten-tar, tím-pa-no, lin-do, bom-ba, des-pon-ta, a-tum, pro-fun-do.

Bibliografia
  • FARACO, Carlos Emílio; MOURA, Francisco Marto de. Gramática. 7.ed. São Paulo: Ática, 1990.
  • FERREIRA, Mauro. Aprender e praticar gramática. Ed renovada. São Paulo: FTD, 2007.

Ana Gabriela Figueiredo Perez

Estudos Literários - Unicamp

Confira também