Cubismo

Movimento surgido na França, em 1907, o Cubismo firmou-se através de um grupo de artistas que se reuniram em torno de Picasso e Apollinaire e que, junto destes, difundiram as técnicas cubistas e ideais do grupo até o término da Primeira Guerra Mundial.

Devido à convivência dos artistas do grupo, foi possível ver uma rica troca de ideias, algo que possibilitou a todos os artistas assimilarem diferentes técnicas artísticas, mesmo que atuassem em campos diferentes – poetas pegavam para si as técnicas que eram utilizadas na pintura e adequavam à sua arte e vice-versa.

Características do Cubismo

Na pintura, a principal marca do Cubismo é a valorização das formas geométricas por parte dos artistas, que buscavam representar, de forma decomposta e com diferentes planos geométricos e ângulos retos, os objetos que queriam. Outra técnica bastante utilizada era a colagem, quando o artista trazia diferentes materiais – jornais, madeira, etc – para montar a obra de arte. No campo literário, técnicas como fragmentação da realidade, mistura de temas, espaços e tempos constituem a arte cubista.

Artistas Cubistas

Os principais nomes da arte cubista são: Picasso, Apollinaire, Blaise Cendrars, Delauney.

Bibliografia
  • CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Literatura Brasileira: ensino médio. 2.ed reform. São Paulo: Atual, 2000.

Ana Gabriela Figueiredo Perez

Estudos Literários - Unicamp

Confira também