Usamos apenas 10% do cérebro?

Estudos de dano cerebral são algumas das evidências contra este mito

Muita gente acredita que os humanos usam apenas 10% do cérebro, mas isso não passa de um mito.

Num estudo realizado no Brasil, 59% das pessoas entrevistadas, todas elas com pelo menos formação superior, acreditam que os humanos usam um décimo do cérebro. Esse mesmo estudo revelou que, incrivelmente, 6% de neurocientistas também acreditavam nesse mito.

O neurologista Barry Gordon diz que, apesar de ser uma crença bastante popular, ela é completamente falsa e argumenta: "nós usamos virtualmente todas as partes do cérebro e maioria dele está ativa o tempo todo." Ele sugere várias evidências que contradizem o mito, entre elas:

Estudos de dano cerebral: Se 90% do cérebro não é normalmente usado, então danos nessas áreas não deveriam causar problemas. Entretanto, praticamente não há áreas no cérebro que podem ser danificadas sem que haja perdas em certas habilidades. Mesmo o menor dano em pequenas áreas podem ter efeitos extremamente profundos.

Evolução: O cérebro é incrivelmente custoso para o resto do corpo, em termos de consumo de oxigênio e nutrientes. Até 20% da energia consumida pelo corpo humano é gasta no cérebro - muito mais do que qualquer outro órgão - apesar de sua massa ser apenas 2% da massa corporal. Se 90% do cérebro fosse desnecessária, humanos com um cérebro menor e mais eficiente teriam uma enorme vantagem evolucionária. Se isso fosse verdade, a seleção natural teria eliminado os cérebros ineficientes. Paralelamente, um cérebro com tanta matéria redundante seria incrivelmente improvável.

Exame de ressonância magnética mostra a existência de atividade cerebral em todas as partes do cérebro.Exame de ressonância magnética mostra a existência de atividade cerebral em todas as partes do cérebro.

Imagens cerebrais: Tecnologias como o PET (tomografia por emissões de pósitrons) e a Ressonância Magnética permitem que a atividade do cérebro seja examinada em tempo real. Esses exames mostram que mesmo durante o sono, há atividade cerebral acontecendo em todas as partes do cérebro. As áreas do cérebro ficam inativas somente em casos de danos graves.

Localização de funções: Ao invés de funcionar como uma massa única, o cérebro tem regiões distintas para diferentes tipos de processamento. Por décadas, cientistas vem estudando e mapeando regiões do cérebro e suas respectivas atividades e nenhuma área "inútil" foi encontrada.

Os MythBusters, em 2010, fizeram um experimento usando equipamentos médicos modernos e testaram o cérebro de uma pessoa enquanto ela resolvia uma atividade complexa. Eles mostram que bem mais de 10% do cérebro estava ativo num dado momento e declararam o mito como detonado.

Saiba mais
  • Livro: “50 Great Myths of Popular Psychology: Shattering Widespread Misconceptions about Human Behavior.”
  • The Ten-Percent Myth
Crédito da imagem

http://commons.wikimedia.org/wiki/File:MRI_head_side.jpg

Confira também

 
Curiosidade O Sono de Beleza
 
Curiosidade Curiosidades sobre a Ásia