Recompensar ou Punir?

Recompensar ações positivas diminui a necessidade de punir ações negativas.

Encorajar as pessoas a fazer a coisa certa é muito melhor do que puní-las ao fazer coisas erradasEncorajar as pessoas a fazer a coisa certa é muito melhor do que puní-las ao fazer coisas erradas

A reincidência de crimes por parte dos jovens na cidade de Richmond no Canadá estava em torno de 60% quando o jovem e novo superintendente Ward Clapham percebeu que o trabalho da polícia era reativo, ou seja, a polícia esperava algo acontecer para tomar uma providência. Foi aí que ele teve uma ideia que era contra os princípios da polícia. Ele se perguntou: "Será que é possível projetar um sistema para encorajar as pessoas a não cometerem crimes?" Basicamente, a ideia dele era parecida com o famoso ditado "melhor prevenir que remediar."

A abordagem dele foi encontrar jovens fazendo coisas certas e dar para eles "multas positivas," que eram bilhetes gratuitos para o cinema. A policia distribuiu uma média de 40000 bilhetes por ano. Esse número foi três vezes maior que o número de multas distribuídas no mesmo período.

De acordo com Clapham, a reincidência de crimes por parte dos jovens reduziu de 60% para 8%. A criminalidade, como um todo, foi reduzida em 40% e a criminalidade juvenil caiu pela metade. Isso tudo custou apenas um décimo do que custava o sistema judicial tradicional.

Um fato interessante, é que a razão obtida pela polícia (2,9 reforços positivos para 1 reforço negativo) é chamada de "Losada Line." Essa é a razão mínima de reforços positivos e negativos que deve existir para que um time se desenvolva rapidamente e com sucesso.

Veja mais

Can We Reverse The Stanford Prison Experiment?

Crédito da imagem

http://www.flickr.com/photos/mycutelife/5455341629/

Confira também

 
Curiosidade Como ter mais sorte?
 
Curiosidade Existe talento natural?