5 fatos que você não sabia sobre a fofoca

Apesar da má fama, a fofoca pode aumentar a auto-estima e reduzir o estresse do fofoqueiro.

Se for fofocar, é melhor falar bem dos outros. Assim você aumenta sua auto estima e evita ser associado com temas negativosSe for fofocar, é melhor falar bem dos outros. Assim você aumenta sua auto estima e evita ser associado com temas negativos

1. Falar bem de outra pessoa pode aumentar a auto-estima do fofoqueiro

Fofoca pode ser bom pra você? Sim, mas seja legal. Segundo o Dr. Cole: "A fofoca geralmente é vista como uma coisa ruim. Nossos resultados sugerem que algumas formas de fofoca, particularmente aquelas onde as pessoas são elogiadas, podem trazer bons benefícios para o fofoqueiro". Segundo os estudos, um dos benefícios é o aumento da auto-estima do linguarudo.

2. Ao ouvirmos uma fofoca, associamos parte dela com o fofoqueiro

"Quando você fofoca sobre outra pessoa, quem ouve, inconscientemente, associa com você as características que você está descrevendo, fazendo com que aquelas características sejam 'transferidas' para você. Então, fale coisas positivas sobre seus amigos e colegas, e você será visto como uma pessoa legal. Em contraste, fale aspectos negativos das pessoas, e as pessoas inconscientemente associarão traços negativos com você." (Wiseman, Richard. "59 Segundos: Pense Um Pouco, Mude Muito")

3. A fofoca do escritório tem de 70% a 90% de verdade

A rede interna de informações informais, também conhecida como rádio-peão, é parte inerente de uma empresa. A rede ajuda os empregados a entender o que acontece no ambiente de trabalho e serve como uma válvula de escape para o estresse. Sem surpervisão, a rádio-peão pode ser o pior inimigo de uma empresa, mas se for controlada com cuidado, pode garantir um aumento significativo da produtividade e da satistação dos empregados.

A maior parte (80%) das informações compartilhadas nas fofocas de escritório não são referentes a outros colegas, e sim à assuntos da empresa. Outro fato interessante é que 70% a 90% dos detalhes da fofoca geralmente são verdadeiros. Os rumores são espalhados na rádio-peão proporcionalmente com a importância deles para os empregados e com a falta de informações oficiais sobre o tema. Falar e ouvir informações sobre quem vai ser transferido, quem vai ser promovido e sobre novas vagas, é uma necessidade fundamental no ambiente de trabalho. (Booyens, S., "Dimensions of Nursing Management")

4. Fofocar ajuda a policiar comportamento ruim e diminui o estresse

Um estudo da Universidade da Califórnia Berkeley sugeriu que fofocar tem efeitos positivos, como ajudar a controlar comportamentos indesejados, evitar exploração e diminuir o estresse.

"A fofoca tem uma reputação ruim, mas estamos encontrando evidências que ela tem um papel fundamental na manutenção da ordem social", segundo o psicologista Robb Willer, da Universidade Berkeley, co-autor de um estudo publicado no Journal of Personality and Social Psychology.

O estudo também encontrou que a fofoca pode ser terapeutiva. O batimento cardíaco de voluntários aumentou quando eles presenciaram alguém se comportando de maneira errada, mas o aumento foi controlado quando eles puderam passar a informação e alertar outras pessoas.

Ainda segundo Willer, "Espalhar a informação sobre a pessoa que eles viram se comportar de maneira imprópria ajuda as pessoas a se sentirem melhor, diminuindo a frustação que causou a fofoca".

Compartilhar uma opinião negativa aumenta a proximidade.Compartilhar uma opinião negativa aumenta a proximidade.

5. "O inimigo do meu inimigo é meu amigo" - Compartilhar informações negativas sobre terceiros aumenta a proximidade entre duas pessoas

Uma pessoa tente a gostar mais de uma outra desconhecida ao descobrir que ambas compartilham uma mesma opnião negativa sobre uma pessoa em comum do que ao descobrir que compartilham uma opinião positiva sobre a mesma, segundo o estudo "Interpersonal chemistry through negativity: Bonding by sharing negative attitudes about others". Ou seja, reclamar sobre os outros pode ajudar a fazer amigos.

O estudo ainda mostrou que, apesar desse fenômeno ser bastante evidente e comum, as pessoas achavam que compartilhar atitudes positivas sobre outros promoveria proximidade.

Créditos das imagens

http://www.flickr.com/photos/ruifernandes/5221832258/ http://www.flickr.com/photos/nenzen/3949508569/

Confira também

 
Curiosidade Uma dica comprovada para ser mais feliz
 
Curiosidade Uma cura para a procrastinação?