Crimes Praticados por Funcionários Públicos

Quiz sobre crimes contra a administração pública - Decreto Lei 2848 de 07 de dezembro de 1940.

Quiz enviado por: Cibele Souza

  1. Se o funcionário exige tributo ou contribuição social que sabe ou deveria saber indevido, ou, quando devido, emprega na cobrança meio vexatório ou gravoso, que a lei não autoriza, ele comete o crime:

  2. Se um funcionário solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem, ele estará praticando o crime de:

  3. Se um funcionário abandonar o cargo público, fora dos casos permitidos em lei, ele será punido com detenção. Porém, há casos em que sua pena é agravada. Estão corretamente descritos os fatos na alternativa:

  4. Se um Diretor de Penitenciária e/ou agente público, deixar de cumprir seu dever de vedar o preso o acesso a aparelho telefônico, de rádio ou similar, que permita a comunicação com outros presos ou com o ambiente externo, ele estará cometendo qual crime e qual será a sua pena?

  5. Comete peculato culposo, se o funcionário concorre culposamente para o crime de outrem. Em quais hipóteses, a punibilidade será extinta ou reduzida?

  6. Patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de funcionário refere-se a qual crime?

  7. Conforme Art. 316. do Decreto Lei 2848 do Código Penal, o funcionário que "Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida" pratica qual crime contra a Administração Pública?        

  8. Assinale a alternativa correta para o caso descrito: Se o funcionário público, embora não tendo a posse do dinheiro, valor ou bem, o subtrai, ou concorre para que seja subtraído, em proveito próprio ou alheio, valendo-se de facilidade que lhe proporciona a qualidade de funcionário.

  9. "Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no exercício do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente" é a descrição do crime de:

  10. Um funcionário público continuou a exercer sua função mesmo depois de saber que oficialmente que foi exonerado porque não podia deixar seus afazeres na seção. Neste caso:

Confira também

  • Jogo da Forca

    Descubra quais são as palavras ocultas sem deixar o bonequinho enforcado.

  • + divertido Anagramas

    Use as letras disponíveis para formar o maior número possível de palavras.

  • Problemas de Lógica

    Problemas de lógica para rachar a cuca e passar o tempo.

  • Teste de Einstein

    Faz parte dos 2% da população mundial que consegue resolver?

 
Quiz História da Filosofia - I
 
Quiz Sociologia - I