Orações Subordinadas Substantivas

As orações subordinadas substantivas são aquelas que possuem o valor de substantivo, exercendo, em relação à oração principal, a função de sujeito, objeto direto e indireto, predicativo, complemento nominal ou aposto. Elas podem apresentar-se em duas formas: desenvolvidas ou reduzidas.

Orações Subordinadas Substantivas Desenvolvidas

A forma desenvolvida das orações subordinadas substantivas é iniciada por uma conjunção integrante (que e se, geralmente) que liga a oração principal à subordinada, possuindo também um verbo flexionado (conjugado).

O guia afirmou que conhecia a região.
                                 conjunção que / verbo conjugado conhecia
Oração principal            Oração Subordinada Substantiva

Orações Subordinadas Substantivas Reduzidas

A forma reduzida das orações subordinadas substantivas, por sua vez, aparece sem conjunção e com um verbo no infinitivo.

O guia afirmou conhecer bem a região.
                               verbo conhecer infinitivo
Oração principal            Oração Subordinada Substantiva

Dica

Para reconhecer uma oração subordinada substantiva, fazemos a troca dela por um substantivo ou pronome substantivo (isso, isto, aquilo).

  • Peço-lhe que me dê a mão.
  • Peço-lhe isto.

Tipos de Orações Subordinadas Substantivas

Existem seis tipos de orações subordinadas substantivas, que recebem seus nomes de acordo com a função que exercem em relação à oração principal. São elas: oração subordinada substantiva subjetiva, oração subordinada substantiva objetiva direta, oração subordinada substantiva objetiva indireta, oração subordinada substantiva predicativa, oração subordinada substantiva completiva nominal e oração subordinada substantiva apositiva.

Oração Subordinada Substantiva Subjetiva

As orações subordinadas substantivas subjetivas são aquelas que exercem a função de sujeito da oração principal.

É indispensável que você regresse.
                                                             sujeito
      Oração principal      Oração subordinada substantiva subjetiva

Existem três estruturas típicas nas orações principais que estão relacionadas às orações subordinadas substantivas subjetivas.

Verbo de ligação + predicativo

É bom que você venha amanhã.
verbo de ligação é + predicativo bom
O. principal     O. sub. substantiva subjetiva

Verbos especiais na 3ª pessoa singular

Verbos como acontecer, constar, cumprir, convir, parecer, suceder, importar, interessar, urgir, ocorrer empregados na 3ª pessoa do singular são indicadores de oração subordinada substantiva subjetiva.

Consta que você já pagou o boleto.
O. principal     O. subordinada substantiva subjetiva

Verbo na voz passiva

Neste caso, a estrutura pode estar tanto na voz passiva analítica quanto na voz passiva pronominal.

Foi anunciado ontem que o preço do arroz aumentará.
voz passiva analítica
              O. principal                             Oração subordinada substantiva subjetiva

Anunciou-se ontem que o preço do arroz aumentará.
voz passiva pronominal
              O. principal                       Oração subordinada substantiva subjetiva

Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta

As orações subordinadas substantivas objetivas diretas exercem a função de objeto direto do verbo da oração principal. A estrutura é simples: sujeito + verbo transitivo direto + oração subordinada substantiva objetiva direta.

Muita gente previu que o imposto aumentaria.
        sujeito    verbo transitivo direto            objeto direto
Oração principal                        O. sub. subst. objetiva direta.

Em alguns casos, a estrutura não traz o sujeito.

Dizem que ele desistiu do processo contra o patrão.
verbo transitivo direto                                     objeto direto
O. principal            Oração subordinada substantiva objetiva direta

Oração Subordinada Substantiva Objetiva Indireta

Estas orações têm a função de objeto indireto do verbo da oração principal. A estrutura básica é: sujeito + verbo transitivo indireto + oração subordinada substantiva objetiva indireta.

Ninguém me convenceu de que o trabalho era difícil.
                                          VTD      preposição de / objeto indireto
                      Oração principal                          O. sub.subst. objetiva direta

É interessante apontar que, por ser como o objeto direto, a oração subordinada substantiva objetiva indireta também se inicia por uma preposição, mas às vezes esta pode estar subentendida.

Ninguém discorda (de) que proteger a floresta é importante

Oração Subordinada Substantiva Predicativa

Este tipo de oração subordinada exerce a função de predicativo do sujeito da oração principal. A estrutura básica é; sujeito + verbo de ligação + oração subordinada substantiva predicativa.

Nosso maior medo era que chovesse.
                  sujeito                verbo ligação
          Oração principal                        O. sub. subst. predicativa

Oração Subordinada Substantiva Completiva Nominal

Esta oração exerce a função de complemento nominal de um nome (substantivo, adjetivo) da oração principal. Tem a estrutura: sujeito + verbo + nome incompleto + oração subordinada substantiva completiva nominal.

Carlos estava convicto de que ele era culpado.
  sujeito           +       nome incompleto
              Oração principal                  O. sub. subst. completiva nominal

Oração Subordinada Substantiva Apositiva

Esta oração tem a função de aposto de um nome da oração principal. A estrutura é: sujeito + verbo + nome incompleto + oração subordinada substantiva apositiva.

Só te pedi um favor: que me apoiasse.
sujeito     +         nome incompleto
              Oração principal             O. sub. subst. apositiva

Exercícios sobre Orações Subordinadas Substantivas

(UFViçosa-MG) Assinale a alternativa em que a oração destacada tem a função sintática de objeto direto:

  • "É possível que haja festa."
  • "Foi ventilado que ele se demitiria."
  • "Alberico afirmou que eram três." x
  • "Emociona-o que todos estejam presentes."
  • "Parece que a enchente foi catastrófica."

(Mackenzie) Assinale o período em que a oração destacada exerce a função de complemento nominal.

  • Estou certa de que você nunca me compreenderá. x
  • Nunca precisei de que você defendesse os meus interesses.
  • De tanto gritar, você acabará ficando rouca.
  • Informei-a de que já conquistei novas amizades.
  • Lembre-se de que, com esse gênio, você ficará sozinha.

(PUCCamp-SP) A alternativa em que se encontra uma oração subordinada objetiva direta iniciada com a conjução SE é:

  • Só obteremos a aprovação se tivermos encaminhado corretamente os papéis.
  • Haverá racionamento de água em todo o país, se persistir a seca.
  • Falava como se fosse especialista no assunto.
  • Se um deles entrasse, todos exigiriam entrar também.
  • Queria saber dos irmão se alguém tinha alguma coisa contra o rapaz. x
Bibliografia
  • CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: linguagens – vol 3. 5.ed. São Paulo: Atual, 2000.
  • FERREIRA, Mauro. Aprender e praticar gramática. Ed renovada. São Paulo: FTD, 2007.

Ana Gabriela Figueiredo Perez

Estudos Literários - Unicamp

Confira também